domingo, 18 de outubro de 2015

Solenidades em Ferreira das Almas e Taquaral Abaixo

No sábado do dia 17 de outubro de 2015 foram realizadas duas solenidades cívicas de inauguração de placa e monumento em bairros do município paulista de Capão Bonito, ambas relacionadas às comemorações dos 83 anos da Revolução Constitucionalista no Setor Sul do Estado de São Paulo e que promovidas foram pelos núcleos MMDC de Capão Bonito e de Itapetininga, sucursais da Sociedade Veteranos de 32-MMDC em parceria com a Rede de Cidadania Ativa de Capão Bonito, com a Associação de Moradores dos bairros de Ferreira das Almas e Taquaral Abaixo e com o 54º Batalhão de Polícia Militar do Interior.

Praça central do bairro Ferreira das Almas

Na primeira solenidade, esta ocorrida às 10 horas da manhã no bairro Ferreira das Almas, afixada foi placa alusiva da condição do bairro de teatro de operações da Revolução Constitucionalista de 32 nas jornadas de 19 a 21 de setembro de 1932. A afixação da placa se deu em templo da igreja católica existente no local desde o ano de 1868 e que durante a Revolução foi alvo de rajadas de metralhadora advindos de forças adversárias que atacaram os paulistas ali entrincheirados em defesa da localidade.

Igreja do bairro Ferreira das Almas

Data de fundação da igreja de Ferreira das Almas: 1874

Placa afixada na Igreja de Ferreira das Almas

Detalhe do interior da igreja

 Momento da afixação da placa 

Convidados e autoridades presentes

Após a fixação, o Cel PM Mário Fonseca Ventura, presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, acompanhado do presidente do Núcleo MMDC de Itapetininga realizou a concessão do Diploma de Honra ao Mérito "Constitucionalistas do Setor Sul" as seguintes personalidades que colaboraram com o resgate do histórico do bairro Ferreira das Almas na Revolução de 32: Celia Lincoln do Amaral (Rede de Cidadania Ativa de Capão Bonito), Ezequiel Ferreira de Queiroz (vereador), Dom José Moreira de Melo (Bispo de Itapeva), Laercio de Almeida (morador de Ferreira das Almas), Lila Santos (Rede de Cidadania Ativa de Capão Bonito), Maria Ferreira Martinho (moradora de Ferreira das Almas), Rogério Ferreira do Nascimento (presidente da associação de moradores de Ferreira das Almas).

  Palavras do  Presidente da Sociedade 
Veteranos de 32-MMDC

Concessão de Diploma de Honra ao Mérito

Já a segunda solenidade, esta ocorreu às 14 horas no bairro Taquaral Abaixo, tendo sido ali inaugurado monumento e descerrada placa alusiva à condição do bairro de teatro de operações da Revolução Constitucionalista de 32 nas jornadas de 28 de setembro a 4 de outubro de 1932. O monumento foi construído na praça central do bairro, o mesmo que nos dias finais da revolução abrigou a última trincheira do Exército Constitucionalista do Setor Sul mesmo depois do armistício declarado a 2 de outubro.

Bairro Taquaral Abaixo

Monumento
Taquaral Abaixo - a última trincheira do Setor Sul

  Detalhe da placa constante no monumento

Vídeo do momento da inauguração do monumento


 Momento do descerramento da placa e inauguração do Monumento 
 
A solenidade contou ainda com a leitura do poema "Oração ante a última trincheira" de Guilherme de Andrade e discursos proferidos pelas autoridades presentes, as quais ressaltaram a importância histórica do bairro na memória da epopeia de 32.

Discursos proferidos

Os agradecimentos da Sociedade Veteranos de 32-MMDC a todos aqueles que tornaram possível essa solenidade foram materializados com a concessão da Medalha Governador Pedro de Toledo às seguintes personalidades civis e militares: Júlio Fernando Galvão Dias (Prefeito Municipal de Capão Bonito), Nino Nunes (Vereador da Câmara Municipal de Capão Bonito), Ten Cel PM Celso Rodrigues da Silva (Policia Militar do Estado de São Paulo), 1º Ten PM Felipe Jose Leme (Policia Militar do Estado de São Paulo), Gilson Eduardo Kurtz de Carvalho Lopes (Colaborador Emérito do Núcleo MMDC de Itapetininga), Pedro Amancio Mendes Filho (Chefe em exercício da Floresta Nacional de Capão), Miriam Rosa Paron (Vice Chefe em exercício da Floresta Nacional de Capão), Antonio Francisco de Queiroz (Testemunha ocular do término da Revolução de 32 em Taquaral Abaixo aos 12 anos de idade).
Medalha Governador Pedro de Toledo
da Sociedade Veteranos de 32-MMDC


 Agraciados com a Medalha Governador Pedro de Toledo

  Vice prefeito Marco Antonio Citadini recebe a medalha
em nome do Prefeito Dr. Júlio Fernando Galvão Dias

Seu Tonico ao ser condecorado com a medalha

Os agradecimentos dos núcleos MMDC Capão Bonito e Itapetininga foram materializados com a concessão do Diploma de Honra ao Mérito "Taquaral Abaixo: a última trincheira do Setor Sul" as seguintes personalidades e entidades: Matheus Antonio Enei Francatto (Presidente da Câmara Municipal de Capão Bonito), Dirceu Pedroso de Abreu (Secretário Municipal de Obras), Cel PM Mário Fonseca Ventura (Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC), Roque de Jesus Abreu (Presidente da Associação de Moradores do Bairro de Taquaral Abaixo), 1º Ten PM Wagner Luciano de Oliveira (Presidente do Núcleo MMDC de Capão Bonito), Sd PM Felipe Donizete de Souza (Praça distinta do 54 º BPM-I), Pedro Hilarindo da Silva (Membro da Associação de Moradores do Bairro de Taquaral Abaixo), Antonio Carlos Aristides (Colaborador emérito do Núcleo MMDC de Itapetininga), Marinei Chalub (Secretaria da Sociedade Veteranos de 32-MMDC) e Therezinha de Jesus Venturelli Goulart (Gabinete da Prefeitura de Capão Bonito).

Concessão do diploma de honra ao mérito
 
Concessão do diploma de honra ao mérito

Também foram agraciados com este diploma as seguintes personalidades e entidades que colaboraram com a aquisição da placa de aço ilustrativa do monumento: Coronel PM Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada (Deputado Estadual pelo Estado de São Paulo), Tenente Coronel PM Celso Rodrigues da Silva (Colaborador Emérito do Núcleo MMDC de Itapetininga), Major PM Anderson Luiz Alves dos Santos (Presidente do Núcleo MMDC de Cruzeiro), 1º Tenente PM Carlos Henrique Lorenço Rovina (Presidente do Núcleo MMDC de Araçatuba), Asp Of PM Res Tiago Rodrigues Peggau e Silva (Presidente do Núcleo MMDC de Santo Amaro), Cabo PM Euclides Cachioli de Lima (Colaborador Emérito do Núcleo MMDC de Itapetininga),  Professor João Francisco de Aguiar (Presidente do Núcleo MMDC de São Pedro), Pracinha Victório Nalesso (Ex-Combatente da Força Expedicionária Brasileira), Loja Maçônica Simbólica Concórdia e Caridade (na pessoa de seu presidente Dr. Marco Henry Cacciacarro Júnior), Rede de Cidadania Ativa de Capão Bonito (na pessoa de Helena Regiane da Silveira) e Afrânio Franco de Oliveira Mello (vice presidente do Núcleo MMDC de Itapetininga).

Concessão do diploma de honra ao mérito

A Sociedade Veteranos de 32-MMDC nas suas sucursais de Capão Bonito e Itapetininga agradece à Prefeitura de Capão Bonito, à Rede de Cidadania Ativa de Capão Bonito, às associações dos bairros Ferreira das Almas e Taquaral Abaixo, assim como ao 54º Batalhão de Polícia Militar do Interior pela concretização de ambas as solenidades, as quais marcaram o término das comemorações dos 83 anos da Revolução de 32 no Setor Sul do Estado de São Paulo.

domingo, 2 de agosto de 2015

Passeios de visitação histórica em Taquaral Abaixo e Fundão

Na manhã e na tarde do sábado do dia 1 de agosto de 2015 foram realizados passeios de visitação histórica nas localidades de Taquaral Abaixo (Bairro de Capão Bonito/SP) e Fundão (Bairro de Buri/SP). Ambos locais que teatro de operações de guerra foram durante a Revolução Constitucionalista de 1932, visitados por foram membros da Sociedade Veteranos de 32-MMDC e pesquisadores associados dos Núcleos MMDC de Itapetininga, Campina do Monte Alegre e de Buri, bem como personalidades e autoridades civis, os quais realizaram a concessão de placas comemorativas à líderes comunitários desses bairros.


Detalhe da praça central do Bairro Taquaral Abaixo

 Concessão da Placa a Comunidade do Bairro do Taquaral Abaixo

No bairro do Taquaral Abaixo, local onde a 4 de outubro de 1932 foi dado o último tiro da Revolução de 1932 no Setor Sul do Estado de São Paulo, a comitiva de visitantes, acompanhada de autoridades civis locais, pode conhecer as histórias do final da revolução ali ocorridas na voz do senhor Antonio Francisco de Queiroz (Seu Tonico), que nascido foi em 1923, nove anos de idade tinha quando daqueles acontecimentos, os quais testemunhou em pessoa. A afixação da placa comemorativa da condição desse bairro foi realizada na igreja ali existente, sendo em uma de suas paredes internas afixada.

Detalhe da igreja na praça central do Bairro Taquaral Abaixo

 Seu Tonico (ao centro) quando da concessão da placa

Personalidades durante a concessão da placa

 Detalhe da placa que foi concedida ao Bairro Taquaral Abaixo

Após a concessão da placa em Taquaral Abaixo, o passeio deu continuidade com a visita ao Bairro do Fundão, em Buri, quando então pequena palestra foi realizada aos presentes, tendo em vista o esclarecimento do significado histórico da localidade durante a Revolução de 32 pelo Sr. Antonio Carlos Aristides, membro da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.

 Palestra do Sr. Antonio Carlos Aristides 
sobre a Revolução de 32 no Setor Sul

Após a palestra, realizou-se a concessão da placa comemorativa da participação do bairro na Revolução de 1932, tendo a comitiva sido agradecida pela liderança comunitária local. A exemplo do que ocorreu no bairro Taquaral Abaixo, diplomas de honra ao mérito foram concedidos.

Lideranças comunitárias do Bairro do Fundão
  
 Concessão da Placa a Comunidade do Bairro do Fundão

Detalhe da placa que foi concedida ao Bairro do Fundão

Além da visita aos referidos bairros, a comitiva esteve em Buri, onde o Sr. Antonio Carlos Aristides foi homenageado com o Diploma de Honra ao Mérito Constitucionalistas do Setor Sul, pelo relevante trabalho de palestras sobre a esta e outras cidades do Setor Sul participes da Revolução de 1932 em escolas e demais instituições para onde leva seus conhecimentos da Epopeia de 32.


O Sr. Aristides ao receber o diploma defronte ao 
monumento da Revolução de 32 em Buri/SP

O passeio de visitação histórica aos referidos municípios propiciou o estabelecimento de parcerias e a possibilidade de inauguração de monumento da Revolução de 32 no bairro Taquaral Abaixo por conta da condição deste de última trincheira do Setor Sul da referida revolução com previsão para a data de 4 de outubro de 2015.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Comemorações dos 83 anos da Revolução de 1932 no Setor Sul

Na tarde da quarta feira do dia 8 de julho de 2015 foram realizadas as comemorações dos 83 anos da Revolução Constitucionalista no Setor Sul do Estado de São Paulo na Floresta Nacional de Capão Bonito, solenidade promovida pelos núcleos de correspondência "Paulistas de Itapetininga! As Armas!!", "Campina de Heróis" e "Baionetas de Buri" da Sociedade Veteranos de 32-MMDC em parceria com o 54º Batalhão de Polícia Militar do Interior.

Detalhe da portal de entrada da Flona Capão Bonito

As comemorações foram iniciadas às 14 horas com o descerramento da placa e reinauguração do Monumento ao Soldado Constitucionalista Octávio Seppi, 3º sargento do Batalhão 14 de Julho, unidade de escol que integrou o Exército Constitucionalista do Setor Sul, tendo ele falecido em combate a 26 de agosto de 1932 na região atualmente compreendida pela FLONA. Para tanto, um trabalho de pesquisa e levantamento de dados foi realizado para que o monumento ser reformado e uma nova placa a ele ser conferida.

Detalhe da placa ao Monumento Soldado Constitucionalista Octávio Seppi

Detalhe da placa original e que foi mantida no monumento

O Monumento quando foi inaugurado em 23 de maio de 1952


Monumento após o restauro realizado em Junho de 2015

Abertura da Solenidade junto às autoridades presentes

 
Abertura da Solenidade junto às autoridades presentes

 Momento do descerramento da placa reinaguração do Monumento

 
Vídeo do momento da reinauguração do Monumento (Youtube)
 

   Momento da reinauguração e personalidades

   Momento da reinauguração e personalidades

  Momento da reinauguração e personalidades

Após a reinauguração do Monumento, a solenidade teve sua continuidade da sede do Centro de Visitantes da FLONA de Capão Bonito, onde todos os presentes foram recebidos e autoridades presentes realizarem discursos em homenagem à memória e aos feitos de nossos paulistas de 32 combatentes do Setor Sul, os quais foram representados pelos familiares do 3º sargento Octávio Seppi (Batalhão 14 de Julho) e do cabo Durvalino de Toledo (Legião Negra).

 Discursos de autoridades civis

Autoridades militares presentes

 
Detalhe da audiência presente

Palavras de José Pedro Seppi em nome 
da família do 3º sargento Octávio Seppi

Palavras de Eugenio de Carmo de Toledo em nome 
de seu pai veterano de 32 cabo Durvalino de Toledo

As homenagens prestadas atingiram seu zênite com a concessão da medalha Constitucionalista pelo Cel PM Mário Fonseca Ventura, presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC em grau post mortem aos voluntários Octávio Seppi e Durvalino de Toledo nas pessoas de seus familiares presentes.


 
 Momento da condecoração do Sr. José Pedro Seppi
em nome do voluntário Octávio Seppi

 
  Momento da condecoração do Sr. Eugenio de Carmo Toledo
em nome do voluntário Durvalino de Toledo

Além da entrega das condecoração, 32 personalidades civis e militares receberam o Diploma de Honra ao Mérito Constitucionalistas do Setor Sul em reconhecimento aos serviços prestados no resgate da memória de 32 neste setor de nosso Estado.

Concessão do Diploma a personalidades

Concessão do Diploma a personalidades

Concessão do Diploma a personalidades
 
Detalhe do Diploma de Honra ao Mérito concedido
  
A Sociedade Veteranos de 32-MMDC nos seus núcleos de correspondência de Itapetininga, Campina do Monte Alegre e Buri agradecem a presença de todos os participantes nas comemorações dos 83 anos da Revolução Constitucionalista no Setor Sul do Estado de São Paulo neste inesquecível dia que foi o 8 de julho de 2015, às vésperas da data máxima desta revolução, nosso 9 de Julho.